You are here: Home > Energias Renováveis > Governo do Japão adia o fim da Energia Nuclear

Governo do Japão adia o fim da Energia Nuclear

O Governo japon?s adiou o desligamento de todos os seus reactores nucleares, que deveriam ser progressivamente encerrados at? 2040. Segundo o Guardian, o ministro da Ind?stria japon?s, Yukio Edano, j? confirmou que ? imposs?vel cumprir este prazos.

A men??o a uma data concreta desapareceu de um relat?rio de um painel consultivo divulgado na ?ltima sexta-feira e que o Governo decidiu ?levar em considera??o? sem o aprovar formalmente.

Na texto divulgado na semana passada, o Jap?o n?o construiria mais centrais nucleares e as existentes seriam encerradas ? medida que chegassem a um limite m?ximo de 40 anos de vida ?til. Na pr?tica, os ?ltimos reactores nucleares seriam encerrados ao longo da d?cada de 2030.

A ideia do Governo ainda ? acabar com a depend?ncia da energia nuclear, substituindo-a por mais renov?veis e centrais t?rmicas. ?Mas tornarmo-nos livres do nuclear nos anos 2030 n?o ? algo que se consiga alcan?ar apenas com uma decis?o pol?tica.

Depende tamb?m da vontade dos utilizadores, da inova??o tecnol?gica e do ambiente internacional na ?rea da energia nos pr?ximos 10 a 20 anos?, disse o ministro do Com?rcio, Yukio Edano, que tem sob a sua tutela a pol?tica energ?tica.

?N?s temos a inten??o de ter zero de nuclear at? ? d?cada de 2030, mas nunca dissemos que atingir?amos este zero at? essa data?, referiu o vice-primeiro ministro, Katsuya Okada, citado pelo jornal The Guardian.

O recuo do Governo japon?s frente ?s recomenda??es do painel consultivo segue-se a press?es da ind?stria e de outros grupos, preocupados com o futuro do sector e com a economia do pa?s caso a energia at?mica seja abandonada.

Cerca de 30% da electricidade consumida no Jap?o vinha de centrais nucleares, at? ao acidente na central de Fukushima, na sequ?ncia do sismo e tsunami de 11 de Mar?o de 2011. Foi o segundo maior acidente nuclear desde Tchernobil, em 1986, com explos?es nos reactores, fugas radioactivas e fus?o do combust?vel nuclear.

Apenas dois dos 50 reactores nucleares japoneses foram desligados depois da trag?dia de Fukushima, por raz?es de seguran?a. Por outro lado, h? dois novos reactores em constru??o, que podem durar at? 2050. No mix energ?tico do Jap?o, a energia nuclear corresponde a uma quota de 30%.

Os demais aguardam o resultado dos testes ou autoriza??o para reentrarem em opera??o, algo que estar? a cargo de uma nova ag?ncia regulat?ria para o sector, cuja cria??o foi formalizada esta sexta-feira pelo Governo.

The post Governo do Jap?o adia o fim da Energia Nuclear appeared first on Energias Renovaveis – NOTICIAS E EMPREGOS.

Tags: , , , ,

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

Leave a Reply